Zaz – por um ar mais parisiense

Eu escrevi esse post para o Boina Cult, mas gostei tanto de como ficou que estou reblogando! (original :http://wp.me/p5EGo2-dE)

Boina Cult

Paris j’ai bu
A la voix grise
Le long des rues
Tu vocalises
Y a pas d’espoir
Dans tes haillons
Seul’ment l’trottoir
Mais c’est si bom

(Paris Canaille- Zaz)


Artista: Zaz (Isabelle Geffroy)

Origem: França
Gêneros: Jazz, Chanson
Atividade: 2001 – presente
Gravadora: Play On
Site Oficial: http://www.zazofficial.com/

Faz um pouco mais de um mês que conheci esse álbum, assim sem querer, com um “recomendado para você” dentre os vídeos do Dailymotion e de pronto me apaixonei pelo ritmo horas calmo, horas concreto, dessa francesa sem papas na linguá, que é capaz de defender debochando os franceses, cantando uma história de amor melodiosa misturada com a dura realidade.

 Zaz mistura jazz, soul, chason (o que seria tipo nossa MPB, se é que você me entende) e tons acústicos, para criar uma música de estilo único e inusitado. A voz firme, que é comparável à Édith Piaf (bem, pelo menos…

Ver o post original 106 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s