Hora do yaoi: Komatta Toki ni wa Hoshi ni Kike e Sorenari ni Shinken nan desuo

Na hora de falar de Yaoi, ou como comumente se diz no Japão – Boy’s Love, eu sempre me lembro do Shounen-ai, pois é um gênero com o melhor  dos romances yaois, mas sem o conteúdo sexual explicito…

Fujoshi_CAUGHT_by_KittyMaria

Shounen-ai normalmente é um Gakuen Mono com uma pegada mais platônica e delicada, não que eu não aprecie cenas mais picantes, mas as vezes uma história mais purista é necessária para aquecer o coração de uma fujoshi.

Gakuen Mono é um sub-gênero bem recorrente nos mangas BL, já que é bem comum para mangakás se focarem no universo colegial, hum… talvez porque os mangakás muitas vezes pulam a faculdade talvez?! – essa teoria também explica porque tantos mangas com tema de editores, os salarymens que elas tem mias contato, rs*.

Imagem

Meu exemplo favorito de  Gakuen Mono é a obra da Abe Miyuki-sensei: Komatta Toki ni wa Hoshi ni Kike, a história é centrada em Takara, um jovem de 15 anos que tem que se mudar para o dormitório da escola, após sua avó, única família restante no Japão, falece. Ele vai parar no quarto do anti-social e delinquente Kiyomine, um garoto de 15 anos, muito maior do que ele e que o rejeita completamente. Após muitas brigas eles se tornam inseparáveis. Com 26 volumes é uma obra pra ler e ser feliz, no mundo mais que kawaii criado pela Abe-sensei.

Na verdade, Komatta Toki ni wa Hoshi ni Kike tem apenas um defeito: não tem anime, OVA, filme – nada, nenhuma animação!! Porqueeeeeeeeeeeeee???!!!! com 26 volumes, ele foi um mangá de sucesso!! Gakuen Heaven com apenas 01 volume ganhou uma série de 13 episódios… (tudo bem que a franquia é baseada num game, mas mesmo assim, né?!)

Agora, quando o assunto é um yaoi mais maduro eu adoro o tema de pai solteiro, pode até ser meu lado machista falando mas… quando se tem um pai solteiro dá pra formar uma família feliz e.. bem a espécie tá preservada, afinal por mais que eu ame o gênero, e muitas vezes dentro do yaoi se cria um mundo sem mulheres, uma família completa precisa de crianças, nem que sejam adotadas!! Pelo menos é o que eu penso.

Bem, voltando para o yaoi, o tema pai solteiro, é comumente apresentado por um uke divorciado ou viúvo, com uma criança pra criar e um seme disposto a se tornar um “pai de família”, bem até não ser até a maioria, mas é o que quase sempre acontece nos mangás que eu li desse sub-gênero.

Posso exemplificar o estilo pai solteiro com o mangá Sorenari ni Shinken nan desu, de Asou Kai-sensei. A história gira em torno do pai solteiro Oosawa, um cozinheiro divorciado que tem que se dividir em mil para cuidar dos deveres do lar, trabalhar e levar e buscar sua filha Chizu na escolinha. Desde outro mangá (rs* – a série é um spin-off baseado a partir do capítulo 04 do mangá Yachin Hanbun No Ibasho Desu) ele é “amigo” do cliente Yoshioka, que muito namorador, sempre leva seus namorados para comer no restaurante que ele trabalha. Depois de terminar seu último namoro, Yoshioka começa a investir em Oosawa, que leva as cantadas na esportiva. Entretanto, quando Chizu fica doente Oosawa decide depender de Yoshioka e eles passam a morar juntos.

Sorenari ni Shinken nan desu é composto por dois volumes que contam o começo desse romance maduro e comovente…. tão lindo, adoro… Apesar de que tem poucas cenas de “ação” o mangá mostra como o yaoi é um gênero que oferece um momento de entretenimento, com uma leitura gostosa e um tema adorável.

Enfim, neste dia nacional do yaoi eu quero dizer que yaoi é um gênero sério, criado por mulheres para mulheres, revelando nosso desejo oculto de fazer um homem entender nossa situação dentro de uma relação, além de tornar possível a conscientização que não é assim tão diferente uma relação homosexual com a heterosexual!! Por isso, se você ainda não se convenceu completAmente do qual bom o gênero BL pode ser indico os mangás Komatta Toki ni wa Hishi ni Kike e Sorenari ni Shinken nan desu como leitura inicial para conhecer o gênero, aposto que você não vai se arrepender.

venha para o lado BL da força voce também... rs*
venha para o lado BL da força voce também… rs*
Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. lylikouga disse:

    Lindo texto! Eu também adoro mangas com pais solteiros, Sorenari ni Shinken nan desu foi um dos mais lindos que já li. Feliz dia do Yaoi pra você!!!!!

  2. Pandora disse:

    ‘venha para o lado BL da força voce também… rs*’
    Já estou! kkkkkkkkk
    Obrigada pela resenha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s